Avisos de um ataque grave de Asma



Os sintomas da Asma podem se manifestar por diversos motivos; alérgicos, poluentes e até mesmo infecções do trato respiratório superior. Mas esses mesmos sintomas podem chegar a qualquer momento - um sintoma de Asma nem sempre precisa de um gatilho óbvio para se manifestar.


O perigo real reside quando os sintomas progridem para um ataque de Asma grave. Se você identificar os sinais iniciais da Asma e tomar a iniciativa, você talvez possa evitar um ataque de Asma bem sério.


Os sinais mais comuns do ataque de Asma iminente são a tosse, a sibilância e a falta de ar. Nessa situação você pega sua 'bombinha' o mais rápido possível. Normalmente, o uso do medicamento beta-agonista de curta duração resolve o problema. Ele relaxa os músculos das pequenas vias aéreas, permitindo que o ar flua através delas. Dessa forma você nota a diminuição do chiado e da falta de ar.


Mas talvez você esteja sem sua 'bombinha' por perto (ah vá). Ou a sua bombinha funcione, mas o efeito parece não durar por muito tempo. Nesse caso, o ataque pode piorar. O ataque de Asma progride, a tosse e a falta de ar pioram. Você pode sentir dor e aperto no peito. E talvez sinta dificuldade em respirar, quando suas vias respiratórias dentro dos pulmões se inflamam ainda mais e começam a dimiunir.


Em um ataque de Asma grave, você começa a respirar de forma ofegante e rapidamente, e pode até sentir contrações no tórax - isso é, sua pele delineia ou encobre suas costelas quando tenta inspirar o ar. Ou o tórax até expande, mas não consegue desinflar quando tenta expirar. Você até adquire uma coloração azulada no rosto e na boca.


Entretanto, até a dose da 'bombinha' pode não ser o bastante para extinguir um grave ataque de Asma. Quando os sintomas não cessam depois do medicamento ministrado, você precisa procurar por socorro profissional. No Pronto-Socorro pode-se encontrar o medicamento Ipratrópio. Às vezes as pessoas com ataques de Asma severos também precisam de corticóides intravenosos. Nos casos mais graves, uma pessoa em crise deve ser entubada e colocada para respirar com a ajuda de aparelhos para ser estabilizada. A bombinha deve acompanhar a pessoa em crise no caminho do pronto-socorro, sendo usada sempre que necessária!


RECONHEÇA SEUS GATILHOS:


Todos temos um gatilho - algum fator que causa a manifestação da Asma. Aprenda a reconhecer seus gatilhos para poder evitá-los. Se puder ficar longe de situações que desencadeiem um gatilho em particular, faça-o. Evitar essas situações podem diminuir as chances de um ataque de Asma, que pode evoluir para um ataque mais grave. Gatilhos comuns incluem:


-Infecções no trato respiratório superior;


-Alérgenos, como o Pólen;


-Ácaro;


-Baratas;


-Condições extremas do Clima;


-Odores fortes;


-Fumaça, como a de cigarros;


Evitá-los é sua melhor estratégia, mas nem sempre é possível. Se você sabe que pode entrar em contato com algum gatilho, certifique-se de sempre carregar consigo a 'bombinha'. E NÃO HESITE EM USÁ-LA caso notar algum sintoma de agravamento da Asma, mesmo se não tiver certeza do fator que a desencadeou.


FAÇA O ACOMPANHAMENTO MÉDICO!


Caso você já faça o tratamento para a Asma mas ele pareça não estar atendendo bem, talvez precise atualizá-lo. Se você nota que alguns 'puffs da bombinha' não estejam mais adiantando como antes, você deve falar com seu médico sobre possíveis tratamentos alternativos ou alterar a dose do tratamento atual.


Caso ainda não tenha planejado um tratamento para a Asma, é hora de fazê-lo! Sente-se com seu médico e fale sobre seus gatilhos e sintomas iniciais que precedem a crise. Você também pode descobrir o melhor tipo de bombinha para seu organismo. Caso o planejamento não funcione, não hesite em contar para seu médico para ele melhorá-lo.


Conhecer os sintomas prévios de um ataque severo de Asma não é somente uma boa idéia - isso pode te ajudar a evitá-lo antes que seja tarde. Em alguns casos, pode até evitar uma visita a sala de emergência.


Ajude a validar o Afilaxy.com;

Cadastre-se caso se identifique com a iniciativa e compartilhe nossa página nas redes sociais!


(Texto traduzido e adaptado: Fonte - http://inhealth.cnn.com//treating-severe-asthma/warning-signs-of-a-severe-asthma-attack?did=t1_rss12_img).

0 visualização
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now